O que são PFAS?

Os PFAS (substâncias per e polifluoroalquil) são uma classe de produtos químicos que as empresas adicionam a uma grande variedade de produtos de consumo para torná-los antiaderentes, impermeáveis e resistentes a manchas. Há mais de 4.700 diferentes produtos com químicos PFAS no mercado atualmente, fazendo com que esta seja a substância sintética mais fácil de encontrar no mundo.

PFAS podem ser encontrados em uma ampla quantidade de produtos de consumo, como roupas impermeáveis e tapetes resistentes a manchas, ceras para o piso, panelas antiaderentes, embalagens a prova de gordura, fio dental e alguns cosméticos. Eles também são usados em espumas de combate a incêndios para apagar incêndios de combustível. Pessoas podem estar expostas a estas substâncias através do contato direto com produtos, ou pelo ar que respiram, ou pelos alimentos que comem. Elas também podem estar expostas através da água potável.
Na verdade, milhões de americanos atualmente estão expostos a água potável contaminada com PFAS, resultado de substâncias químicas liberadas no ambiente por campos de treinamento de bombeiros, áreas industriais e zonas de tratamento de lixo. Um estudo de 2016 mostrou que mais de 16 milhões de americanos estão expostos a esses contaminantes na água potável; e uma estimativa mais recente coloca esse número em 110 milhões. Esse mapa mostra os principais locais de contaminação nos Estados Unidos.
Como suas ligações químicas fazem com que essas substâncias sejam muito efetivas em repelir água e gordura até sob altas temperaturas, essas característcas também fazem dos PFAS substâncias muito persistentes, significando que elas não se decompõem no ambiente. Cientistas e profissionais de saúde estão preocupados sobre a exposição do público aos PFAS porque essas substâncias tem sido conectadas a vários problemas de saúde, incluindo problemas na tireóide, câncer, colesterol alto, obesidade, efeitos no sistema imunológico maior propensão ao câncer de mama, entre outros.
Aproximadamente 98% dos americanos tem PFAS em seus corpos, e essas substâncias permanecem aí por anos.
É por isso que a comunidade de pesquisa científica está trabalhando intensamente para entender melhor esses contaminantes – como as pessoas são expostas a eles e como eles impactam a saúde humana – com o fim de encontrar soluções para proteger o público, especialmente populações vulneráveis, dessas substâncias químicas danosas.
Veja a seção Recursos para saber mais sobre PFAS.